Roedores

Os padrões de comportamento de ratos e camundongos estão intimamente ligados a um balanço complexo de reações, com a aproximação e rejeição, consumo e não aceitação de comida, agregação e agressão.

Esse comportamento garante a sobrevivência dos indivíduos da população e seu conhecimento é necessário para uma prática de controle satisfatório.

Desde as primeiras semanas de vida os ratos se movem ativamente no seu ambiente fazendo reconhecimento e estabelecendo seus novos caminhos.

Apesar de sua constante exploração os ratos tendem a evitar objetos estranhos os quais podem trazer-lhe algum perigo. Este comportamento chamado de "neofobia", obriga a colocação de armadilhas e iscas em locais adequados próximo aos sinais de ratos a não obstruir os seus caminhos.

Os ratos vivem normalmente em ambientes limitados, movimentando-se o necessário para obtenção de alimentos, locomovendo-se grandes distâncias apenas em condições especiais.

CONHEÇA ALGUMAS ESPÉCIES DE ROEDORES:

Mus muscullus (camundongo):

É um pequeno roedor com olhos e orelhas proeminentes, vivendo em pequenas famílias dominadas pôr um macho e composta pôr algumas fêmeas e suas crias.

Vivem dentro de edifícios fazendo ninhos em cantos de paredes ou em amontoados de materiais, ou não, na parte externa fazendo pequenas tocas no chão. São bons escaladores, podendo passar por pequenos vãos com facilidade. Desta forma, torna-se extremamente difícil mantê-los longe das edificações.

Este é o rato de maior distribuição mundial, necessitam de pouco alimento e quase nenhuma água para o sustento diário. Seus hábitos alimentares são onívoros, mas preferem cereais e sementes.

Rattus norvegicus ( ratazanas ou ratos de esgoto):

É primeiramente, um rato escavador, que vive em tocas perfuradas na terra ou em locais protegidos junto a muros ou estruturas de concreto. Vive em colônia de vários indivíduos e, em geral, animais de uma colônia não aceitam os de outras. Dentro de prédios, vivem em vãos de paredes, no chão ou pilhas d materiais. Podem subir e saltar estrutura com facilidade. Em áreas rurais procuram plantações, silos, galinheiros, estábulos, etc. As ratazanas são onívoras, comem toda espécie de alimento.

Rattus rattus (rato de telhado):

É ágil, de tamanho moderado, tem grande capacidade de subir em estruturas ou árvores, vivendo, geralmente em lugares altos, mas podendo ser encontrado junto ao solo, onde não existam ratazanas.

Faz seus ninhos em árvores frutíferas, em forro de residências, etc.

Ambos são roedores comensais, mamíferos pertencentes a ordem da família Muridae. São de hábitos noturnos, que necessitam de habilidades sensoriais especiais para se moverem livremente, encontrarem comida e fugirem dos predadores.

Controle de Pragas

desratização

Desratização

Temos três espécies de roedores bem conhecidos: o rato de telhado, rato de esgoto e camundongos.

Desinsetização

Desinsetização

A desinsetização é a eliminação direta dos insetos mais comuns encontrados em áreas urbanas, como: baratas, pulgas, formigas, aranhas pequenas, traças, etc.

Descupinização

Descupinização

Existem duas espécies de cupins: Cupins de solo (subterrâneo) e cupins de madeira seca.